quinta-feira, 31 de julho de 2008

CAMINHÃO COM UM CARREGAMENTO DE 5 TONELADAS DE MACONHA, CAI DE VIADUTO NO PARANÁ.

Um caminhão que caiu de um viaduto de cerca de 25 metros de altura, na noite de quarta-feira (30), espalhou aproximadamente cinco toneladas de maconha na Serra da Esperança, região central do estado. A droga foi apreendida pela Polícia Rodoviária Federal (PRF) e, segundo apurou o telejornal Paraná TV 1ª edição, seria a maior apreensão de maconha deste ano no estado. O acidente aconteceu na noite de quarta-feira (30), por volta das 21h, na BR-277, próximo a Guarapuava. O motorista do caminhão, André dos Santos, 25 anos, morreu na hora. Os pacotes com a droga ficaram espalhados pelo mato e foram recolhidos por policiais rodoviários e por agentes da concessionária que administra a rodovia. De acordo com o Paraná TV, a maconha estava escondida debaixo de tábuas de madeira. O trabalho de recolhimento dos pacotes levou mais de 10 horas.
Fonte: Gazeta do Povo/PR

ABELHAS MATAM AGRICULTOR NO MUNICÍPIO DE BOA VENTURA.

O efetivo Policial Militar do destacamento de Boa Ventura – PB, foi informado através de sitiantes vizinhos, que por volta das 16h40min., de ontem (30.07.), o agricultor JOSÉ BERNADINO DE SOUSA, 52 anos, casado e residente no Sítio Lagoa Seca de Baixo, no mesmo município, havia sido encontrado caído ao solo, sobre a calçada de sua casa, já sem vida. A vítima apresentava uma deficiência física parcial que o impedia de se locomover com facilidade.
Possuía também algumas colméias nas proximidades da casa, onde praticava a apicultura de subsistência. Contudo, na data retro mencionada, fora atacado pelos insetos e supostamente não resistindo às picadas, veio a óbito. Os PMs do destacamento se acercaram de todas providências, enquanto aguardaram a presença dos peritos, os quais conduziram o cadáver à cidade de Patos, para os necessários procedimentos legais.
3ciapmita.blogspot.com

quarta-feira, 30 de julho de 2008

SOLDADO JAQUEIRA, TAL QUAL BOCAGE, JAMAIS SE ENRASCOU. VEJA MAIS UMA DO ESPERTALHÃO.

Numa época muito remota, na passagem do soldado Jaqueira, por Itaporanga, que ainda era chamada de Misericórdia. Contam que na cidade, naquela época, havia um senhor, que por motivos óbvios o cognominarei de Zezim, que gostava muito de tomar uns pileques e o que era pior, só o fazia armado com um revólver calibre "38" com carga completa. Pois bem! Certo dia, Zezim estava a tomar umas daquelas carraspanas num boteco, com o revólver posto sobre a mesa, gesto que amedrontava toda vizinhança. O delegado soube do acontecimento, mas como era muito amigo de Zezim, sabia que mesmo expondo a arma em público, ele era incapaz de usá-la, a não ser que alguém fosse molestá-lo, e terminada a bebedeira ele, com certeza se retiraria para casa. Entretanto, não se sabe, se por gozação ou não, o Tenente, conhecendo muito bem Jaqueira, ordenou-lhe que fosse desarmar Zezim. Jaqueira, então, olhou para seu Superior e lhe implorou: - Tenente, "pur" amor de Deus, eu sou um pai de "famia", preciso dessa farda para arranjar os "pão" de meus "fio", num faça isso "cumigo", mande outro! O Delegado muito sério falou: - Que é isto soldado, você não é homem, não? Eu estou lhe dando uma ordem, cumpra-a! Jaqueira baixou a cabeça e resignado partiu para cumprir sua triste missão. O relógio da Matriz bateu três horas da tarde. Jaqueira entrou num barzinho, pediu uma lapada de cana, sentou-se e começou a calcular: - se eu demorar umas três horas por aqui, é tempo que "seu" Zezim termina a bebedeira dele e vai simbora pra casa. Horas mais tarde, já com uma meiota na pança e à paisana, dirigiu-se ao boteco, pedindo aos céus que seu cálculo tivesse dado certo e Zezim já se tivesse retirado. Para seu azar, ele ainda se encontrava bebendo e com a arma em cima da mesa. Ele parou na entrada do estabelecimento e, então, ouviu a voz rouca de Zezim: - Entra aqui, Jaqueira, vamos tomar um copo de cerveja comigo! - Eu não bebo, "Seu" Zezim quando estou em serviço! - Mas você não está trabalhando, está à paisana! Sente aqui, rapaz, vamos beber, não converse, não! Traz, aí menino, mais uma cerveja e um copo prá meu amigo Jaqueira! Jaqueira resignado com a situação, não sabia como abordar o homem a sua frente, pois seu cérebro estava sempre a lhe mandar uma mensagem de medo. Cuidado Jaqueira! Foi aí que ele teve uma brilhante idéia! Virou-se para Zezim e comentou: - que arma bonita, "Seu" Zezim, fiquei doido por este revolver! Pegou a arma, examinou-a e disse: - "Seu" Zezim, quer me "vendê" o revolver? Eu gostei muito dele, não me diga não, por favor, me venda! Horas mais tarde, Jaqueira, agora fardado, adentrou na Delegacia e, todo eufórico, falou: - "Taqui" a arma do "home" "seu" Tenente! O Delegado meio desconfiado, perguntou: - Como você conseguiu este feito, soldado? E jaqueira respondeu: - Vinte ano de serviço, "Seu" Tenente, segredo de caserna! E se foi todo ancho. Jesus Fonseca

segunda-feira, 28 de julho de 2008

AGRICULTOR É FERIDO A GOLPES DE FACA NA CIDADE DE OLHO D’ÁGUA.

Ontem (27.07), na cidade Olho D’Água – PB, pelas 17h30min, o acusado MANOEL LEITE e a vítima JOSÉ FERNANDES DE OLIVEIRA, 45 anos agricultor, encontravam-se em um dos bares local e após consumirem grande quantidade de bebidas alcoólicas, sem ter um motivo justificado, entraram em atrito verbal. Isso foi bastante para que o acusado desferisse vários golpes de faca peixeira em seu companheiro de farra, que logo após ter tentado contra a vida da vítima, evadiu-se do local. Em seguida o ferido foi levado para o hospital Wenceslau Lopes, na cidade de Piancó. O Destacamento Policial Militar ao tomar conhecimento do ocorrido foi ate o local, constando a veracidade do fato. Várias diligências foram feitas no intuito de prender o acusado mais sem êxito até o momento.
Fonte: 3ciapmita.blogspot.com

MENOR É ATINGIDO POR DISPARO DE ARMA DE FOGO NA CIDADE DE OLHO D’ÁGUA.

Por volta das 09h50min, de ontem (27.07), na cidade de Olho D’água – PB, o menor J. S. F., agricultor, foi vítima de um disparo efetuado por arma de fogo. Segundo o Destacamento Policial Militar local, a vítima e o acusado J.H.S.N., que também é menor de idade, estavam caçando, quando a vítima pediu a arma, 01 (uma) espingarda, cal “28”, marca Rossi; tendo a mesma, sido jogada pelo seu companheiro de caçada; não conseguindo segurá-la, a mesma chegou a tocar no chão, quando então, disparou e atingiu a vitima na cabeça. O vitimado foi socorrido para o Hospital Regional de Patos. A Guarnição PM da cidade ao tomar conhecimento do sinistro foi até o local, onde manteve contato com os familiares do acusado, os quais ficaram responsáveis em apresentá-lo à Autoridade Policial plantonista para os necessários esclarecimentos e demais providências inerentes ao caso.
Fonte: 3ciapmita.blogspot.com

domingo, 27 de julho de 2008

POLÍCIA INTERCEPTA LIGAÇÃO E PRENDE QUADRILHA DE SANTA BÁRBARA, ACUSADA DE ASSALTOS EM GRANJAS E CHÁCARAS.

Um telefonema de um aparelho celular foi decisivo para que as polícias Civil e Militar conseguissem desbaratar uma quadrilha de assaltantes. Um dos acusados faz parte do Movimento de Trabalhadores Sem-terra. Os presos são suspeitos de praticar diversos assaltos em granjas e chácaras localizadas no município de Santa Isabel do Pará e ao longo da PA-140, rodovia que liga aquele município ao de Vigia de Nazaré. Ao todo, foram presas oito pessoas. Dentre eles, Ana Maria Moraes Sobral, de 26 anos, irmã de Aurirlei Moraes Sobral, conhecido pela alcunha de 'Lei', de 19 anos, um dos que participaram, no início da madrugada da última quarta-feira, do assalto à granja Ana Regina, localizada no km-5 da PA-140. Foi ela quem telefonou para 'Lei' avisando que Rubenixon dos Reis Castro, de 28 anos, um dos líderes da quadrilha, que tinha sido ferido a bala durante o assalto, já havia chegado a Santa Bárbara, onde reside a maioria dos integrantes do bando. Durante o assalto, os bandidos mataram o estudante SOÉDSON FERREIRA DE CARVALHO, de 20 anos. Ele foi alvejado por vários tiros quando estava escondido debaixo de uma cama, no momento em que pedia, sob tiroteio provocado pela reação de algumas vítimas, ao seu tio Agripino Holanda, dono da granja, para que ele entregasse logo todos os bens que existiam dentro da residência. Durante a troca de tiros, o bandido Rubenixon dos Reis Castro, de 28 anos, foi atingido por um tiro, que atravessou sua virilha. Ele conseguiu sair da casa, embrenhar-se no mato e, durante horas de caminhada, atravessar um longo trecho de mata até chegar a Santa Bárbara. O restante do bando conseguiu fugir da granja. Os bandidos nada roubaram. Por volta das 4h da madrugada de ontem, uma equipe do 17ª Zpol, sob o comando do tenente Montenegro e integrada ainda pelos cabos Queiroz, Da Silva e Valmir, abordou, em Santa Isabel, um táxi de Ananindeua, placa JVB-6590, dirigido por Marcos Fernandes Moraes. O taxista disse que estava retornando para Belém, e por isso foi liberado. Mas passavam das 4 horas da madrugada quando o mesmo táxi foi novamente abordado pela equipe do tenente Montenegro, já na PA-140. Desconfiados, os militares o levaram para a 17ª Seccional de Santa Isabel, para averiguações. Telefonema- Dessa vez o taxista estava com mais duas pessoas dentro do carro - o sem-terra Antônio Clebson Ferreira Moraes, de 22 anos, e Aurirlei Sobral, o 'Lei', irmão de Ana Sobral. Ana fez uma ligação de celular para 'Lei', mas quem atendeu foi o delegado Daniel Castro, que fingiu ser 'Lei'. Ana disse, então, pensando que estava falando com o irmão, que Rubenixon, o bandido ferido na virilha, já estava em Santa Bárbara. Na verdade, o táxi estava na PA-140 para tentar resgatar Rubenixon, que parece ser um dos líderes da quadrilha. Foi a deixa para que o delegado Daniel e sua equipe, formada pelos investigadores Leonardo, chefe de operações da seccional, Gontran, Carvalho e Robertinho, fossem até Santa Bárbara atrás dos assaltantes, já com o taxista e seus dois cúmplices indicando a casa onde o bando estava escondido. Lá, foram presos o próprio Rubenixon, Carlos Alexandre Monteiro Cordeiro, o 'Pango', Francieldo Ferreira Farias e Carlos Conceição de Oliveira. O delegado Daniel Castro informou que ainda faltam ser presos os bandidos já identificados pelos apelidos de 'Tripa', 'Djalma' e 'Django'. O bando foi enquadrado nos crimes de latrocínio e formação de quadrilha. Boa parte dos bandidos já responde por outros crimes cometidos em Ananindeua e em Benevides. Fonte: Jornal “O Liberal” Edição de 25.07.08/Policial
Foto; Alex Ribeiro

POLÍCIA MILITAR PRENDE AGRICULTOR ENCIUMADO, PORTANDO ILEGALMENTE ARMA DE FOGO, NA CIDADE DE SERRA GRANDE.

O efetivo Policial Militar da cidade de serra Grande, durante uma festa realizada em um sodalício local, prendeu às 23h15 minutos de ontem (26.07), FRANCISCO GOMES DA SILVA, 55 anos, casado, agricultor e residente à Rua da Baixada, S/N, Centro de Serra Grande. O acusado, levado por motivos passionais quando avistou sua namorada GENILDA ALVES DE ASSIS, 34 anos, solteira, doméstica, residente à rua Ivo Pinto Ramalho, Serra Grande – PB, no interior do Tropical Clube a participar do referido evento festivo, adentrou no mesmo e de lá a retirou brutalmente, arrastando-a pelos cabelos. A guarnição PM foi acionada e ao efetuar a abordagem no enciumado, constatou que o mesmo encontrava-se portando 01(um) revólver calibre “38” marca taurus/special, número de série: 1243734, capacidade seis tiros, no entanto, com 05 (cinco) cartuchos do mesmo calibre, intactos. A arma e o infrator foram conduzidos à Delegacia de Polícia Civil local e apresentados à Autoridade Policial de plantão, que o autuou em flagrante delito, pelo crime de “porte Ilegal de arma de fogo”.
Fonte: 3ciapmita.blogspot.com