domingo, 17 de janeiro de 2016

Banda Vingadora - Metralhadora [Clipe Oficial]

Clipe inspirado em "Mad Max" da banda baiana Vingadora viraliza na internet

O sucesso meteórico do clipe "Metralhadora", da banda Vingadora, alçou a cantora Tays Reis, 20, à posição de nova musa baiana e promessa do Carnaval de Salvador deste ano. Com quase 800 mil visualizações, o clipe ganhou notoriedade nos últimos dias após famosos divulgarem o trabalho em suas redes sociais.
Com diversas referências ao filme "Mad Max: Estrada da Fúria", que tem a personagem Imperatriz Furiosa, o clipe mostra uma batalha entre mulheres e homens, vencido por elas. Ao UOL, por telefone, Tays falou sobre o trabalho. "O novo 'Mad Max' tem tudo a ver com a guerreia sensual que eu mostro no clipe", disse.
Tays, que fará 21 anos no dia 13 de janeiro, não poderia estar mais feliz. "A banda completou um ano de estrada. A Bahia toda está abraçando nosso trabalho e cantando nossos sucessos", contou. A artista começou a cantar aos 13 anos e não parou mais. "Fiz aula de violão e vocal. Dos 16 aos 17 anos eu cantei em bandas de baile. Com 19 eu conheci meu empresário e lançamos a banda Vingadora", lembrou.
Divulgação
Tays Reis com Ivete Sangalo
O sucesso da banda na Bahia começou após Ivete Sangalo convidar Tays para cantar as músicas "A Minha Mãe Deixa" e "Metralhadora" em cima do trio em junho deste ano em Ibicuí, no interior do estado. "A Ivete é a minha maior inspiração. Ela está na estrada há tanto tempo e nunca saiu do topo", disse a artista que já cantou também com Claudia LeittePsirico,Léo SantanaSimone e Simaria eAviões do Forró. Em Ibicuí, a banda gravou também seu primeiro DVD ao vivo, em um show para 20 mil pessoas que será lançado no dia 12 de janeiro.
Segundo a cantora, a letra da música "Metralhadora" é uma homenagem aos "paredões de sons" comuns nas festas da Bahia. "Eles montam um paredão com várias caixas de som. E começa a batalha dos graves, dos agudos e das cornetas", disse. Para acompanhar a música, Tays encomendou a coreografia com o grupo Fit Dance, de Salvador. "Segundo 'Ministério da Saúde', dançar 'Metralhadora' faz você perder até 100 calorias", brincou.
Arrochadeira e o violino do poder
Tays contou que o ritmo que a banda faz é chamado de arrochadeira, que seria uma mistura de arrocha com pagode baiano, com o diferencial de contar com um violino. "Até então, só homens cantavam arrochadeira, como o Neto LX e o Rei da Cacimbinha. Viemos para quebrar esse preconceito", afirmou.
"O violino entrou na banda para nos diferenciar. Ele sempre está solando. Eu chamo de 'solinho do poder'", contou. "Minha vida mudou muito depois da banda. Até ontem eu era a Tays que ia comprar pão. Agora todo mundo me reconhece na rua e pede autógrafo".
A banda vai participar pela primeira vez do carnaval de Salvador. Eles vão se apresentar na quinta-feira no Camarote da Central e na sexta-feira no Circuito Barra-Ondina. "Esta será também a primeira vez que eu vou curtir um carnaval em Salvador. Até então, eu era muito nova e passava sempre os carnavais com a família no interior do estado. Estou muito ansiosa". (Uol)